A dica do Tancredo aos negacionistas e os 30 anos de prisão para o boca-suja

Tem uma do Tancredo Neves que cabe muito bem no momento atual. Eleito governador de Minas, Tancredo foi procurado por um correligionário:

– Doutor Tancredo, todos os meus amigos estavam certos de que o senhor iria me chamar para secretário. Mas o senhor já divulgou a relação e o meu nome não consta. A situação está insustentável.

– Olha aqui, meu filho, faz o seguinte: pode falar para todo mundo que eu te convidei, mas que você não aceitou. Se precisar, eu confirmo.

Com o início da vacinação, os bolsonaristas não sabem o que fazer: ser ou não ser vacinado. Fica a dica do Tancredo: tome a vacina e diga que não tomou.

Para a PQP vá você, Bolsonaro

Este foi o título de uma matéria veiculada ontem pelo conservador jornal Estado de Minas. E o jornalista completou: “Para a puta que o pariu vá você, seu moleque de botequim, seu arruaceiro do baixo meretrício”. A destemperada (para dizer o mínimo) fala do Bolsonaro e a resposta uníssona dos profissionais da imprensa ao presidente boca-suja correu mundo. O presidente do Brasil, na última quarta-feira, disse o seguinte:

“Quando eu vejo a imprensa me atacar, dizendo que eu comprei 2,5 milhões de latas de leite condensado… Vai para a puta que pariu, porra! É pra enfiar no rabo de vocês, imprensa”. A seu lado, com aplauso e risada, o grotesco ministro das Relações Exteriores.

O boca-suja pode (ou deveria) pegar 30 anos de cadeia.

Dados copiados e remendados do texto de Reinaldo Azevedo sobre a petição de ex-procuradores acusando o Bolsonaro de incorrer no art. 267 do Código Penal e com uma pena de 30 anos de cadeia.

Se você – de esquerda, direita, livre-pensador ou tico-tico no fubá – fosse um procurador ou juiz honesto (ou seja, um juiz normal), você botaria em cana, no devido processo legal, um chefe de estado que, no meio duma baita crise sanitária com mais de 9 milhões de vítimas no país, 220 mil fatais (e subindo):

1 – discursasse reiteradamente contra a obrigatoriedade da vacinação e lançasse dúvidas sobre a sua eficácia e certezas sobre efeitos colaterais;

2 –  não adotasse as providências necessárias para a distribuição das vacinas pelo país;

3 – impusesse obstáculos à produção e aquisição de insumos, como agulhas e seringas;

4 –  deixasse de responder à oferta, em agosto, de uma empresa de vacinas (a pfizer), de aquisição de 70 milhões de doses do produto;

5 – declarasse reiteradamente, em suas redes sociais, que não iria adquirir a vacina fabricada pelo Butantan;

6 – desrespeitasse a recomendação da OMS, sobre necessidade de campanhas de esclarecimento da população a respeito da máxima  cobertura vacinal para controle da doença (nem vou falar aqui da negação da pandemia, e da incitação ao descumprimento do isolamento e do uso da máscara);

7 – fizesse apologia às drogas comprovadamente ineficazes ou prejudiciais aos pacientes de covid-19;

8 – promovesse a má utilização de recursos públicos na produção em larga escala dessas drogas, e pagando insumos com preços até três vezes superiores ao habitual;

9 – vetasse a lei de diretrizes orçamentárias de 2021, que impedia o  contingenciamento de despesas com a vacinação da população brasileira;

10 – prescrevesse, pessoalmente e oficialmente através do ministério da saúde. o “tratamento precoce” com as tais drogas ineficazes, mesmo diante da falta de oxigênio hospitalar no amazonas, e, como se não bastasse, tivesse aumentado o imposto sobre importação de cilindros dias antes do colapso no estado.

E ai? 

#

Publicado por blogdocondearthur

Publicitário, jornalista e escritor

Um comentário em “A dica do Tancredo aos negacionistas e os 30 anos de prisão para o boca-suja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: