Uma Questão de Justiça

Com texto completo, um romance policial de Carlos Vianna. O autor, brasileiro, vive há 32 anos em Portugal, é co-fundador e ex-presidente da Casa do Brasil de Lisboa e representante da comunidade brasileira no CM – Conselho de Migrações.  O livro contém modismos regionais e expressões da língua portuguesa falada em Portugal. Para ler ouContinuar lendo “Uma Questão de Justiça”

Livro de Graça na Praça

Clique na imagem da capa do “O Boi Zebu e as Formiga” para ler ou baixar a edição comemorativa dos 18 anos do projeto Livro de Graça na Praça. Este ano, infelizmente, não deu para realizar o evento em praça pública. Nos últimos 17 anos, o projeto idealizado e coordenado pelo professor José Mauro daContinuar lendo “Livro de Graça na Praça”

A Revolta da Vacina

Podemos dizer que, tecnicamente, o atual presidente do Brasil foi eleito  democraticamente. No segundo turno, ele conquistou 57,7 milhões de votos, cerca de 10 milhões a mais do que seu concorrente, Fernando Haddad. Ao tomar posse, ele fez, como determina a Constituição, o seguinte juramento: “Manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover oContinuar lendo “A Revolta da Vacina”

Uma família sonante

Tudo indica que foi durante a dinastia Tang (619 a 907 d.C.) que os chineses inventaram e passaram a utilizar o papel-moeda em suas transações comerciais. No século XIII, o navegador veneziano Marco Polo registrou o curioso sistema monetário que ele encontrou na China. A Europa só veio adotar as cédulas de dinheiro no séculoContinuar lendo “Uma família sonante”

Fica o dito pelo dito

Tem gente que gosta de um bom ditado. Eu também. Nos contos que publiquei nas antologias do Livro de Graça na Praça, eu sempre iniciava com um dito popular. Alguns curiosos, como o ibérico “Cada um é como cada qual”. Em certo conto, inclui uma citação do jurista, político, filósofo e humanista francês do séculoContinuar lendo “Fica o dito pelo dito”

Depois de latir, virou galinha-verde?

Nesta quinta-feira, em discurso durante a inauguração da primeira fase do Sistema Adutor do Pajeú, em São José do Egito (PE), o presidente Bolsonaro pediu para o brasileiro votar em prefeitos e vereadores que tenham Deus no coração. Como quem fala demais dá bom dia a cavalo, Bolsonaro declarou que “Deus foi tão abençoado queContinuar lendo “Depois de latir, virou galinha-verde?”

Ailton Krenak, Intelectual do Ano

Um dos momentos mais marcantes da Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988), ocorreu em 4 de setembro de 1987. Naquele dia, com vários temas em pauta, o plenário estava cheio e os embates eram acalorados. Em dado momento, sobe à tribuna um jovem de 34 anos, trajando terno branco e gravata. Já nas suas primeiras palavras, cessaContinuar lendo “Ailton Krenak, Intelectual do Ano”

O pior entre os piores

Uma coisa é o governo bolsonaro. Suas ações variam de acordo com cada integrante ou patente. Diversionista, engana quem gosta com um rosário de declarações absurdas. Entreguista, destrói a economia nacional e submete a nação ao jugo dos interesses de potências e empresas estrangeiras. Fascistóide, embarca nos modelos atrasados contra a ciência e as instituiçõesContinuar lendo “O pior entre os piores”

Agro é tech. Agro é pop. Agro é tudo. Será mesmo?

Campanhas milionárias do agronegócio são divulgadas pela grande mídia. Em especial na rede globo, cujos proprietários são grandes produtores rurais. Imagens mostram plantações e colheitas com máquinas fantásticas e cortam para os produtos nos supermercados. O telespectador pouco informado não tem como duvidar: é uma maravilha, o que seríamos de nós sem o agronegócio.  ÉContinuar lendo “Agro é tech. Agro é pop. Agro é tudo. Será mesmo?”

Livro de Graça na Praça 2020

Como previsto, o nosso evento, com a distribuição dos livros na Praça de Santa Tereza, foi adiado. Esperamos que o lançamento da obra “O Boi Zebú e as Formiga”, em comemoração ao décimo-oitavo aniversário do Livro de Graça na Praça, possa acontecer em meados de outubro ou novembro. Em breve, o livro será disponibilizado noContinuar lendo “Livro de Graça na Praça 2020”

Animais salvos na Amazônia e outros pagando mico em Brasília

O governo federal continua pautando a imprensa internacional. Não há uma só semana sem duas e três bobagens. Às vezes, com declarações graves. Outras, apenas burrice. Nem chegamos na sexta-feira e o Festival de Besteira que Assola o País (termo criado em 1966 pelo escritor Sérgio Porto, o imortal Stanislaw Ponte Preta) já registrou váriasContinuar lendo “Animais salvos na Amazônia e outros pagando mico em Brasília”

O Brasil volta a ganhar o noticiário internacional. Infelizmente.

Em todo o mundo, laboratórios e governos correm atrás de uma vacina contra o coronavírus. São mais de 200 projetos de vacinas, sendo que algumas estão na fase final de testes. A expectativa é que até o final de 2020, ou no início do próximo ano, possamos entrar na fila para a sonhada imunização. ParaContinuar lendo “O Brasil volta a ganhar o noticiário internacional. Infelizmente.”

Escritores de língua portuguesa publicam carta aberta contra o racismo, a xenofobia e o populismo

(Publicado no jornal Público (Portugal)  – Agosto de 2020) Nós, escritores portugueses e de língua portuguesa, estamos, por ofício, cientes do poder da palavra. E do poder da sua omissão também. Conhecemos os custos de dar palco ao que, em circunstâncias normais, não mereceria uma nota de rodapé. Pondo em cena aquilo que não é deContinuar lendo “Escritores de língua portuguesa publicam carta aberta contra o racismo, a xenofobia e o populismo”

Imposto Único, uma ideia

Eu gostaria de entender mais de economia e de política tributária. Mas, como sou contribuinte e tenho até CNPJ, sinto-me no direito de, mesmo pecando aqui e ali, dar os meus palpites. A primeira vez que ousei escrever um artigo sobre economia foi em 1994, quando o governo Itamar lançou o Imposto Provisório de MovimentaçãoContinuar lendo “Imposto Único, uma ideia”

Luteranos do Brasil e do exterior denunciam governo Bolsonaro

Um grupo de luteranos, preocupado com os rumos que o Brasil está tomando, com a insensibilidade da Presidência da República no enfrentamento da pandemia do covid-19, na assistência às comunidades indígenas e quilombolas, pede, em manifesto assinado por edudacores/as, pastores/as, comunicadores/as e profissionais de diferentes áreas, basta de autoritarismo, mais democracia.  Eis o manifesto:                           Pela saúde da democracia Ao tomar posse em 1º deContinuar lendo “Luteranos do Brasil e do exterior denunciam governo Bolsonaro”

Com Bolsonaro, somos todos Geni

Somos mulheres, aposentados, entregadores, doentes, pobres, trabalhadores, pretos, professores, mortos, homossexuais, alunos, cubanos, poetas, índios, presos, idosos, estudantes, artistas, jornalistas, reitores, quilombolas, socialistas, cartunistas, prostitutas, nordestinos, umbandistas, deficientes, gordos, favelados, ciganos, pensionistas, chineses, escritores… Somos todos Geni, com um governo homofóbico, transfóbico, xenófobo e com preconceitos linguístico, racial, cultural, de classe e de gênero. JogaContinuar lendo “Com Bolsonaro, somos todos Geni”

Acolá: eleições, críticas e ameaças

No Brasil, o candidato da lava jato disputa com o presidente cloroquina quem é mais à direita para representar a extrema direita nas eleições de 2022, e, nos EUA, a campanha começa a esquentar. A escolha da senadora Kamala Harris, negra e filha de imigrante jamaicano, para companheira de chapa do candidato Joe Biden, ganhouContinuar lendo “Acolá: eleições, críticas e ameaças”