Togados e fardados

Como ele mesmo costuma dizer em seus comentários na Band Rádio e na Folha de SP, eu não frequento a mesma enfermaria do jornalista Reinaldo Azevedo. No entanto, tenho acompanhado, com interesse, sua defesa pelo controle da súcia dos procuradores da força-tarefa da lava jata, com o garoto propaganda Deltan Dallagnol à frente, e aContinuar lendo “Togados e fardados”

EUA ameaçam o Brasil

Depois da democracia brasileira sofrer ameaças dos generais que, como políticos, estão no governo Bolsonaro, o país sofre agora uma ameaça explícita dos EUA. Em entrevista ao jornal O Globo, o embaixador Todd Chapman, declarou que o Brasil sofrerá “consequências” econômicas negativas caso permita a Huawei participar do leilão da rede 5G, que deverá acontecer noContinuar lendo “EUA ameaçam o Brasil”

Na política, estamos todos vacinados

Se não, deveríamos estar. Para quem já viveu outras épocas, é fácil identificar a campanha eleitoral do ex-juiz Moro, que condenou o presidente Lula sem provas, e que depois foi atender ao Bolsonaro como subserviente ministro de justiça. Na esplanada, Moro apoiou o presidente nos mais abjetos projetos. Só foi demitido quando Bolsonaro viu queContinuar lendo “Na política, estamos todos vacinados”

Vossa Excelência é um canalha

Miguel Paiva no site Memorial da Democracia Na época da constituinte, frequentei muito o congresso nacional. Como presidente da União dos Vereadores de Minas Gerais, levava aos parlamentares reivindicações e propostas municipalistas. Dentro ou fora do plenário, acompanhava os muitos debates, principalmente dos companheiros de Minas Gerais. Era comum, o xingatório. Mas, para dar umContinuar lendo “Vossa Excelência é um canalha”

Afinal, o que querem os militares?

Nos últimos três dias, decidi interromper a leitura de dois livros para dar uma olhada numa biografia. Não sou muito chegado a biografias, o que, considero, uma falha cultural. O livro me foi passado pelo meu irmão Ivan e leva o título “Castello – a marcha para a ditadura”. Seu autor, o cearense Lira Neto,Continuar lendo “Afinal, o que querem os militares?”

Reflexões sobre o tempo

Outro dia, peguei para reler o romance “Entrevista com o Vampiro”, de Anne Rice e traduzido no Brasil pela Clarice Lispector. Autora de sucesso, ela lançou o livro em 1976, logo após o falecimento de sua filha, que é retratada na obra pela vampirinha Cláudia. Embora seja mais conhecida pelos seus contos de terror, AnneContinuar lendo “Reflexões sobre o tempo”

Renda Básica Universal, ainda uma utopia?

De olho nas pesquisas e nas eleições de 2022, o governo federal está prestes a colocar em prática um programa para substituir o Bolsa Família. Para o governo, o programa atual é a principal referência social do presidente Lula e dos governos petistas. Assim, alterando nome e incluindo algumas mudanças para justificar o novo batismo,Continuar lendo “Renda Básica Universal, ainda uma utopia?”

Vida x emprego: um falso dilema

No dia 16 de março, logo após elevar o estado da contaminação pela Covid-19 à pandemia, a Organização Mundial de Saúde – OMS pediu empenho dos governos para deter o avanço da doença e declarou que novas infecções podem ser contidas com o isolamento social.  Para diminuir a circulação do vírus, os países mais afetadosContinuar lendo “Vida x emprego: um falso dilema”

A pobreza do Brasil sem máscara

Estamos todos acompanhando a luta dos mais pobres para o recebimento do repasse do auxílio emergencial de 600 reais. Pessoas de todas as idades enfrentam filas e, muitas vezes, o descaso e a burocracia da administração pública. Para citar um só exemplo, a dificuldade de acesso às informações devidas, que utiliza a internet como seContinuar lendo “A pobreza do Brasil sem máscara”

Renda movimenta a economia

Em todo o mundo, dois assuntos tomam conta dos analistas políticos, sociais e econômicos. O primeiro é como gerar renda e manter a economia durante a pandemia, e o segundo, não menos importante, é como gerar renda para manter a economia após a pandemia.  Para o primeiro grande problema, a ser equacionado durante o períodoContinuar lendo “Renda movimenta a economia”

A corda do general

Como se não bastasse estarmos vivendo uma epidemia terrível, com quase um milhão de infectados e dezenas de milhares de brasileiros mortos pela doença, temos ainda de ouvir sandices de generais e assemelhados. Após inúmeras manifestações contra a democracia, pedindo o fechamento do Congresso e do STF e até intervenção militar, com a participação doContinuar lendo “A corda do general”

Flexibilização, aqui e acolá

Não sou epidemiologista e nem médico. Mas, como você, também sou capaz de tirar conclusões com base nos fatos e na lógica. Por exemplo, a flexibilização só deveria acontecer quando o número de infectados e mortos estivesse caindo ou, pelo menos, estacionado. Concorda? Mesmo sendo algo tão óbvio, o tema tem merecido inúmeras citações de cientistas eContinuar lendo “Flexibilização, aqui e acolá”