Blog

Uma Questão de Justiça

Com texto completo, um romance policial de Carlos Vianna. O autor, brasileiro, vive há 32 anos em Portugal, é co-fundador e ex-presidente da Casa do Brasil de Lisboa e representante da comunidade brasileira no CM – Conselho de Migrações.  O livro contém modismos regionais e expressões da língua portuguesa falada em Portugal. Para ler ouContinuar lendo “Uma Questão de Justiça”

A Revolta da Vacina

Podemos dizer que, tecnicamente, o atual presidente do Brasil foi eleito  democraticamente. No segundo turno, ele conquistou 57,7 milhões de votos, cerca de 10 milhões a mais do que seu concorrente, Fernando Haddad. Ao tomar posse, ele fez, como determina a Constituição, o seguinte juramento: “Manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover oContinuar lendo “A Revolta da Vacina”

Uma família sonante

Tudo indica que foi durante a dinastia Tang (619 a 907 d.C.) que os chineses inventaram e passaram a utilizar o papel-moeda em suas transações comerciais. No século XIII, o navegador veneziano Marco Polo registrou o curioso sistema monetário que ele encontrou na China. A Europa só veio adotar as cédulas de dinheiro no séculoContinuar lendo “Uma família sonante”

Fica o dito pelo dito

Tem gente que gosta de um bom ditado. Eu também. Nos contos que publiquei nas antologias do Livro de Graça na Praça, eu sempre iniciava com um dito popular. Alguns curiosos, como o ibérico “Cada um é como cada qual”. Em certo conto, inclui uma citação do jurista, político, filósofo e humanista francês do séculoContinuar lendo “Fica o dito pelo dito”

O pior entre os piores

Uma coisa é o governo bolsonaro. Suas ações variam de acordo com cada integrante ou patente. Diversionista, engana quem gosta com um rosário de declarações absurdas. Entreguista, destrói a economia nacional e submete a nação ao jugo dos interesses de potências e empresas estrangeiras. Fascistóide, embarca nos modelos atrasados contra a ciência e as instituiçõesContinuar lendo “O pior entre os piores”

Agro é tech. Agro é pop. Agro é tudo. Será mesmo?

Campanhas milionárias do agronegócio são divulgadas pela grande mídia. Em especial na rede globo, cujos proprietários são grandes produtores rurais. Imagens mostram plantações e colheitas com máquinas fantásticas e cortam para os produtos nos supermercados. O telespectador pouco informado não tem como duvidar: é uma maravilha, o que seríamos de nós sem o agronegócio.  ÉContinuar lendo “Agro é tech. Agro é pop. Agro é tudo. Será mesmo?”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: