Blog

A simplicidade dos invasores de corpos

                                          Nelson Vaz – Imunologista Compartilho com todos a esperança de que as vacinas funcionem, mas não vejo essa solução com simplicidade. A atual pandemia foi prevista por vários cientistas que estudam vírus de animais silvestres que podem “transbordar” para os seres humanos, ocasionando as crises epidêmicas. Mas os vírus sempre estiveram em harmonia não sóContinuar lendo “A simplicidade dos invasores de corpos”

Pedra na botina

Você já parou para pensar? Um presidente como Jair Bolsonaro, cuja total falta de empatia não sabemos se é uma questão psiquiátrica ou de caráter. No Ministério das  Relações Exteriores, um tipo como o tal do Ernesto Araújo, que envergonha a nossa nação aos quatro ventos. No Meio Ambiente, um ministro que é contra o meioContinuar lendo “Pedra na botina”

o inferno: fora daqui

beto vianna pois é, racismo é estrutural, e cobra sua parte no comportamento de todos nós, em especial dos brancos, pessoalmente beneficiados por não arcar com todas as suas consequências. ainda assim, vivemos um momento em que o recurso ao racismo explícito, dito pública e impunemente, inclusive por agentes públicos e celebridades, aprofunda o problema,Continuar lendo “o inferno: fora daqui”

Jus esperneandi*

No poderoso país localizado acima do Rio Grande, lá está um presidente derrotado nas últimas eleições fazendo birra. Mesmo sabendo que no dia 20 de janeiro próximo terá de cair fora da Casa Branca, o histriônico Trump continua soltando traques e demitindo quem se opõe à sua permanência. Como outro presidente que conhecemos bem, tambémContinuar lendo “Jus esperneandi*”

É preciso ser muito imbecil para ser contra uma vacina. Qualquer uma

O presidente Bolsonaro, discursando sobre o turismo no Brasil, comemorou a suspensão, pela Anvisa, dos testes da vacina Coronavac. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária suspendeu os testes pela ocorrência de um “evento adverso grave” envolvendo um voluntário. Já sabemos que o “evento” não tem nada a ver com a vacina: o rapaz teria seContinuar lendo “É preciso ser muito imbecil para ser contra uma vacina. Qualquer uma”

Os barcos

Os barcos, por Carlos Vianna (uma ficção política em 23 idiomas oficiais)  O autor, brasileiro, vive há 32 anos em Portugal, é co-fundador e ex-presidente da Casa do Brasil de Lisboa e representante da comunidade brasileira no CM – Conselho de Migrações.  Para ler ou baixar, clique no quadro #

A língua nos escritos do Carlos, do Caetano e do Beto

Outro dia coloquei à disposição dos leitores do Blog do Conde uma novela policial de autoria de um brasileiro, Carlos Vianna, que vive a 32 anos em Lisboa. A obra é excepcional e merece a nossa leitura atenta. Tanto pela bem elaborada trama como pelas denúncias do trabalho escravo nas colheitas agrícolas. Em sua obra,Continuar lendo “A língua nos escritos do Carlos, do Caetano e do Beto”

Exemplos a seguir e a evitar

Por mau exemplo e destempero, deixo apenas o codinome: Chihuahua do Trump. Estamos prestes a conhecer o novo presidente dos EUA. Se repetir a dose (cavalar), o hóspede do planalto continuará o cachorrinho “papai mandou” de sempre. Se vencer, como espero, o mais ou menos democrata, ele se travesti naquele cachorro que corre atrás doContinuar lendo “Exemplos a seguir e a evitar”

Uma Questão de Justiça

Com texto completo, um romance policial de Carlos Vianna. O autor, brasileiro, vive há 32 anos em Portugal, é co-fundador e ex-presidente da Casa do Brasil de Lisboa e representante da comunidade brasileira no CM – Conselho de Migrações.  O livro contém modismos regionais e expressões da língua portuguesa falada em Portugal. Para ler ouContinuar lendo “Uma Questão de Justiça”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: